Empreendedorismo

Negócio escalável: como saber se você tem um


Negócio escalável é aquela empresa que possui a possibilidade de prosperar sem ter que aumentar os custos básicos da operação. Esta possibilidade de crescimento deve estar intrínseca ao planejamento do modelo de negócios de sua empresa. Mas nem sempre os empreendedores arquitetam essa possibilidade e se encontram diante de uma grande oportunidade para lucrar. Saiba se este é o seu caso:

Quatro características de um negócio escalável

1- Fazendo mais com menos

Se agentes externos ou consultores, por exemplo, se impressionam com a forma com que você conduz seu negócio “fazendo milagre” com pouco, este é um sinal de que ele é escalável. Uma das principais características que permitem a potencialização de uma empresa é sua eficiência operacional. Por isso, se você vende mais sem ter que contratar novos funcionários, ou adicionar elementos à sua infra estrutura é provável que possa desenvolver um modelo escalável para sua companhia.

2 – Simplicidade de execução

As operações do seu negócio são simples ou exigem um alto grau de complexidade de quem as realiza? Seu sistema permite com que qualquer pessoa, com o mínimo de treinamento, seja capaz de efetuar as ações necessárias? Caso sua resposta seja positiva este é um outro sinal de que seu negócio é escalável. Empresas que necessitam de recursos humanos muito especializados tem dificuldade em se tornarem escaláveis, pois contrariam a equação básica de fazer mais com menos, já que na medida em que crescem precisam também contratar mão de obra altamente qualificada.

3 – Replicando processos

Qual é o processo que sua empresa opera? Você é capaz de identificar cada um dos passos desse ciclo? Se sua resposta é positiva, agora é o momento de planejar o crescimento de forma exponencial. Qual destas etapas pode ser duplicada sem custos? A escalabilidade é também a habilidade que a companhia tem de prosperar implementando uma série de sistemas para melhorar as operações durante as etapas do ciclo. Se você é capaz de replicar cada um destes momentos a partir da compreensão dos passos do processo isso é um sinal de que seu negócio é escalável.

4 – Proposição de valor

Existe uma diferença entre um negócio escalável e um viável: ela se encontra justamente na visão do empreendedor. A proposição de valor de sua companhia é única? É preciso pensar sobre o crescimento para além do produto, explorando seu diferencial e a essência da sua empresa. Para tanto o gestão deve possuir uma visão que ultrapassa a questão dos meios para ampliar a área de atuação do negócio.

Por exemplo, imagine uma iniciativa de venda salgados veganos, ou seja alimentos que não contém qualquer componente derivado de animais (sem carne, leite, queijo, etc). Qual é a proposta de valor? Comercializar lanches ou vender saúde? É importante ter clareza nisto.

Outro diferencial que pode tornar seu produto único é a valorização de recursos e propriedades locais. Observe o exemplo do licor de limão Limoncello. A princípio a receita de licor é bem simples, mas a empresa se destacou no mercado internacional por defender a exclusividade de seu produto, afirmando que a fruta utilizada para produzir o licor só é encontrada no sul da Itália, onde existem condições únicas de clima e solo para seu crescimento. Portanto ter uma proposição de valor única é outro sinal de que seu negócio é escalável.

Empreendedorismo
Startups: Você está preparado?
Empreendedorismo
Startups: Sangue empreendedor
Empreendedorismo
Startups: Sócios co-fundadores