Negócios

Quanto tempo você vai demorar para entender?


Um certo dia eu estava conversando com toda minha equipe, um a um, ao final um deles me perguntou onde deveria melhorar. Me dizia que ele queria fazer o que ama, e queria conselhos sobre o tema.

É fato que todo mundo tem alguma coisa a ser melhorada, mas esta é uma pergunta muito complexa. Quando eu estava no início da minha carreira, fiz exatamente a mesma pergunta a um chefe, ele me respondeu: Chegue às 8 e saia às 18; Faça seu trabalho bem feito; Vista-se bem; E aí sim você será um bom profissional.

Na hora me pareceu algo inteligente, mas hoje com um pouquinho mais de experiência no assunto, nunca responderia isso.

Existe um tema em especial, que é comum a todos, independe da área, tempo de profissão ou objetivo, e é um dos principais pontos para minha resposta.

Como fazer o que ama e tornar isso a sua profissão

Todo mundo tem ou pelo menos deveria ter alguma especialidade. Acho difícil alguém estar lendo isso e não ter uma, mas se você não tiver meu amigo, pare tudo que você esta fazendo e trate de descobrir, porque você esta na merda. Além disso, você também esta na merda se não estiver fazendo o que ama, não vou dizer para você parar de fazer tudo e ir ao RH e pedir demissão, mas considere esta possibilidade para o futuro.

Se você ama Origami ou coleciona selos e é com isso que você gostaria de trabalhar o resto da sua vida, eu te digo, é possível ganhar dinheiro com isso ou qualquer coisa que você ame. Vou relembrar uma estória, alguns o chamam de vagabundo, mas eu não concordo, afinal ele resolveu fazer o que amava.

Não muito tempo atrás um cara resolveu fazer o que amava. O negócio dele era mulher pelada, sexo e putaria. Era isso o que ele amava e foi com isso que eu ele decidiu trabalhar. Aí nasceu a pornografia e esse cara ficou rico. Seu nome? Larry Flint. Na época, absolutamente todo mundo achava uma loucura suas ações, quanto mais na possibilidade de ganhar dinheiro com aquilo.

Não conseguir ganhar dinheiro fazendo o que se ama é pura incompetência e limitação sua. Se você desistir, não tentar ou não acreditar, alguém em breve lhe mostrará como.

Se você não for uma autoridade no seu ramo, pelo menos você precisa estar trabalhando muito duro para conseguir isso.

Todos os dias dezenas de livros nascem ao redor do mundo. Essa deve ser uma das suas principais fontes de informação. Descubra os melhores livros da sua área, faça uma lista e leia os melhores. Leia no seu idioma, mas também em inglês, nem todos os livros são traduzidos, e a velocidade com que ele chega na sua prateleira traduzido não é suficiente para sua fome de leitura.

Leia todos os dias e sobre tudo que puder melhorar o seu conhecimento. Desde o seu assunto foco, até esportes e meditação. Afinal, essas práticas também te ajudarão a ser uma pessoa melhor. Se todos os dias você ler 30 páginas, ao final de um mês você terá lido 900 páginas. Algo em torno de 3 a 4 livros por mês. É o suficiente para começar, com o tempo você conseguirá ler mais e melhor.

Leia as melhores revistas e jornais. E mais recentemente, os blogs e sites devem entrar no seu dia-a-dia. Essa atualmente é uma das minhas maiores fontes de informação. Há quem diga que a blogosfera dominará o mercado de conteúdo. Atualmente existem 200 milhões deles, muitos com assuntos extremamente segmentados, escrito diretamente por especialistas no assunto, e o melhor, sem filtros.

Para fazer o que ama, conheça todas as pessoas do seu meio, principalmente as melhores e mais influentes. Siga seus Blogs e Twitters. A internet abriu as portas para o mundo, não se limite a sua cidade ou país. Envie email, discuta assuntos de interesse comum, faça reuniões, frequente os principais eventos, apareça.

Deixe comentários em blogs, faça retweets, esta é mais uma forma de conhecer pessoas e deixar a sua impressão. Você é uma autoridade, todos vão querer ouvir o que você tem a falar.

Esteja nas maiores e melhores redes sociais, como Twitter, Facebook e Linkedin. Defina o seu meio de comunicação, escrita, audio ou vídeo? Se puder, trabalhe mais de uma delas, mas não esqueça que a qualidade é muito mais importante que quantidade. Defina também uma frequência que você consiga cumprir e produza conteúdo.

O dinheiro esta onde os olhos estão. A internet esta em 5% do seu potencial. Em menos de dez anos a televisão não terá a força que tem, jornais e revistas impressas sairão de circulação, toda e qualquer mídia a ser consumida virá da internet. Quanto tempo você vai demorar para entender que…

Você é uma marca! Fazer o que ama é essencial para o sucesso dessa marca!

Trabalhe-a com afinco.

Categoria Ferramentas
Organização pessoal: Como se tornar extremamente eficiente
Categoria Ferramentas
Como ser mais produtivo: remova aquilo que te atrapalha
Negócios
1 podcast, 6 meses, 20mil ouvintes
  • acciosouto

    Gostei do texto.

  • Quando vem texto do Marcelo, não perco tempo em ler! Ótimo 😉

  • Marcelo, parabéns pelo texto. Fazer o que se ama realmente é o que te dará mais satisfação e resultados no médio e longo prazo. Conheço muita gente que vive reclamando da empresa, do chefe, geralmente esses são os mesmos que menos arriscam. Ao longo de minha carreira tive várias experiências positivas. Em uma oportunidade porém, senti que pela primeira vez meu trabalho não me fazia feliz. Enviei uma cordial carta ao RH e saí em busca do que realmente acredito. Não me arrependo nem um pouco.

    Um abraço e parabéns pelos textos,
    Edu

  • Tâmara

    Boa Marcelo, esse foi pra mim! rs Ganhar dinheiro com o que ama, esse é meu lema
    Gimme 5! 🙂

  • Cara, curto demais suas postagens, fala de forma direta, sem rodeios, Esse artigo então essencial, abraços!

  • Parabéns pelo texto. Tenho seguido esta linha de pensamento há bastante tempo e estou muito feliz com os resultados que tenho alcançado.
    Os assuntos tratados por você no blog e a forma com que escreve são muito boas.
    Abraços

  • marcosrezende

    Marcelo, é como eu digo lá no blog. Que a insatisfação um dia irá bater na sua porta porque você ficou 30 anos sem fazer o que amava, é um fato. Ela chegará e na maioria das vezes será em forma de doença (pior). Se não há condições financeiras de pedir demissão agora, pode-se assumir o compromisso consigo de disciplinar-se a trabalhar com aquilo que se ama uma ou duas horas por dia todos os dias. Fazendo isso, diariamente durante um ano, pode-se chegar a ter trabalhado um mês daquele ano no que se ama.

    Estou no RJ no momento e aqui percebo que a situação é muito pior que na cidade onde moro Curitiba. Aqui o povo é muito massacrado a fazer o que não gosta para receber seu dinheiro no final do mês. O sistema aqui é completamente corrompido. Não que em Curitiba não seja, mas lá ainda existe um ar de tranquilidade e paciência que aqui no RJ já não é mais possível.

    Decidir continuar triste, infeliz, andando apressado sem olhar para si mesmo é um erro grave que infelizmente muitas pessoas cometem.

  • Pingback: Tweets that mention Quanto tempo você vai demorar para entender? | Marcelo Toledo -- Topsy.com()

  • Guilherme Andrade

    Cara, 3º post seu q leio. Parabéns de novo. Muito bom!
    Abraço

  • Vou fazer minha família ler essa post. Provar que existem provas vivas e “concretas” de que fazer o que a gente ama é o único meio de ser feliz… e ter dinheiro.
    Já que eu falar não é o suficiente. haha

  • Malu Moraes

    Sensacional!
    Vou repassar para meus alunos!!
    Parabéns!

  • Elisa

    Muito bom o texto.
    O mais difícil é descobrir o que você realmente gosta de fazer. Eu ainda estou na busca.

  • Ana Correia

    Excelente texto. muito motivador.Precisamos conseguir responder o que nos mantém interessados e o que nos faz levantar da cama todos os dias. Parabéns!

  • Luisa branco

    Gostei do texto,vale a pena repassar!muita gente ainda precisa disso pra seguir seu rumo e ser um bom profissional e como pessoa.

  • Bettygoft

    Texto maravilhoso, pena que nem todos sabem qual é sua especialidade!!! Pensam no sucesso mas não sabem porque não conseguem alcançá-lo. A dica foi passada….basta parar um pouco para pensar e traçar um objetivo. Vc foi claro e direto!!! Parabéns!!!

  • insistimento

    Um texto insistidor! Uma reflexão simples, básica, mas que no mundo de hoje, com tantas pessoas distraídas, faz diferença ser relembrada.

  • Leonardo

    Parabéns, muito legal o texto !!

  • Leonardo Leite Yumisaro

    Great! É isso mesmo! Por fazer o que amo, e, ao mesmo tempo, amar o que faço, nunca passo a impressão de que trabalho de verdade. E ainda ganho muito bem! Aí dá um nó na cabeça das pessoas e elas nunca entendem como ganho dinheiro. Para a maioria das pessoas, para se ganhar dinheiro é preciso sair de casa, entrar num lugar onde você começa a contar as horas pra sair, ficar cansado, chateado e odiar algumas pessoas… só assim será merecedor de um salário que outras pessoas decidiram que você vale… isso sim é estar na merda! Obrigado pelo artigo!

  • Juliano Gomes Camilo

    Parabéns pelo rico conteúdo Marcelo Toledo! A partir de hoje você ganhou um novo seguidor! Um grande abraço

  • Sandra Sousa

    Oi. Fazer o que se ama é bem verdade que é prazeiroso, e ganhar dinheiro fazendo o que se ama é bom demais da conta, vc tem toda razão. Só não me cativou o exemplo de negócio do tal do Larry, e tb não achei bacana essa forma de dizer que se ainda não faço o que amo então estou na “merda”, soa como desrespeitoso, há formas respeitosas e não ofensivas de se referir a situação de quem AINDA não trabalha com o que ama fazer.