Empreendedorismo

Startups: Sangue empreendedor


A partir do momento que você decide abrir uma startup, o conhecimento técnico deixa de ser algo importante e passa a ser um pré-requisito e você não pode ser nada menos do que uma autoridade no assunto. Mas você tem o sangue empreendedor para ter sucesso?

Quando você chega ao ponto de abrir uma startup, não existe meio termo, ou você da resultado ou quebra a cara e fica de fora do jogo. Não é como provinha de faculdade que bastava ficar acima da média para passar. Se você não tirar dez, você não só vai repetir, como voltará a ser empregado.

Por que sangue empreendedor é fundamental

O que não falta é empresa no mercado fazendo o que você ainda quer começar a fazer. E não fique feliz pensando “Ah, eu sou diferente pois ainda não existem players no meu segmento!”. Ainda. Porque se o seu segmento for interessante, nos meses seguintes ao lançamento nascerão pelo menos dez. Acredite, será muito pior do que você imagina, um deles vai chegar com investimento pesado, outro vai derrubar o preço do mercado tendo muito mais recursos que você, outro vai dar o seu produto de graça, enfim. Para ser e se manter competitivo não basta trabalhar para ser bom, você tem que ser o melhor.

Seja qual for o seu meio de aprendizado, use-o diariamente para o seu aperfeiçoamento. Não acredite nas formalidades da sociedade, acredite no que lhe trás resultado aplicável no mundo real. Um curso universitário hoje em dia, raramente lhe agrega conhecimento para utilização na prática. A maior parte das vezes, se não todas, é uma grande perda de tempo. Faça uma faculdade porque você quer e gosta, mas não confie nele o seu principal aprendizado. Aprenda de outras formas, de preferência sozinho e na prática.

O conhecimento técnico é fundamental para a abertura de uma empresa. Normalmente este conhecimento que você deve ter é sobre o serviço ou produto que você esta criando, por exemplo software. Ou, algum conhecimento que auxiliará o desenvolvimento deste negócio, como por exemplo vendas ou marketing. Neste último caso, é altamente recomendado que você tenha um sócio que detenha este conhecimento. É quase uma obrigação que o conhecimento principal do negócio esteja entre os acionistas.

Não queira se meter em uma área que você não domina. No começo da internet, fui com a cara e a coragem no maior sebo da américa latina. Bati o maior papo com o dono, vendendo que eu poderia colocar todos os seus livros catalogados na internet e que com o comércio eletrônico ele iria vender como jamais sonhou. O dono, depois de me escutar pacientemente durante vários minutos, sorriu e disse:

– Meu insumo vem do próprio cliente, nem sempre eu posso vender sem comprar. Se eu fizer como você falou, em poucos meses estarei morto.

Como se não bastasse a lição, continuou:

– Além disso, a Amazon já veio aqui me contando a mesma estória umas três vezes e todas elas eu disse não.

Eu não entendia nada de livros, muito menos de sebos. Aprendi a lição cedo.

Obviamente que você não pode ser o melhor em tudo e nem ter todos os conhecimentos, por isso entra o balanceamento com sócios. É difícil lembrar de Steve Jobs sem lembrar de Steve Wozniak, ou Bill Gates e não lembrar de Steve Ballmer. São sociedades muito bem equilibradas, cada qual com sua especialidade técnica, é fundamental ter um, principalmente se for a sua primeira startup. O restante contrata-se/terceiriza-se.

É importante também ter um conhecimento básico sobre temas que você vivenciará diaramente, muitos estão citados no mapa mental, estou falando de finanças, rh, gerenciamento, contabilidade, direito, vendas, marketing, etc.

Isso tudo é pré-requisito e se você se empenhar, pode deter o conhecimento e ser o melhor, mas muitos dizem que para ser empreendedor você deve ter sangue empreendedor. Esse termo refere-se ao seu posicionamento e atitude perante a vida.

Além de querer suceder como empreendedor mais do que tudo no mundo, você precisa estar provando todos os dias porque você merece mais do que ninguém chegar lá. Você precisa ler todos os livros, revistas, jornais, blogs, twitters. Ir a todos os eventos/palestras. Estar muito bem relacionado e conhecer todo mundo do segmento. Escrever um blog/Fazer um podcast/Videocast. Trabalhar três/quatro turnos todos os dias. Abdicar de vida social. Ter foco. etc.

Isso é ter sangue empreendedor, é posicionamento e atitude focada em ser o melhor, em cada minuto da sua vida. Ninguém vai te ensinar a ser assim, ou você é, ou talvez não seja empreendedor.

Empreendedorismo
Startups: Você está preparado?
Empreendedorismo
Startups: Sócios co-fundadores
Empreendedorismo
Startups: Quer entrar na moda?
  • Execelentes posts Marcelo, estou acompanhando..

    • Valeu André!

      Obrigado por estar acompanhando e boa sorte com a sua startup!

      abração!

  • Malumoraes

    Maravilhoso – COMO SEMPRE!!
    Parabéns Marcelo!

  • Jaisoncarvalho

    Trabalhar três/quatro turnos todos os dias. Abdicar de vida social. Ter foco. etc.

    Isto não é ser empreendedor, é ser retardado e incompetente

    • Gfescobar

      Que comentario infeliz e grosseiro diante de uma materia tao interessante…Quem eh empreendedor se identificou com o texto.

    • Jaison,

      Meus leitores e eu, nos consideramos empreendedores e incompetentes, e é dessa forma que mantemos a humildade e a certeza de que quanto mais aprendemos, nada sabemos.

      Também somos retardados, e poucas pessoas entendem nossas verdadeiras ambições. O que me alegra, é que somente esses retardados tem a satisfação de criar Apples, Microsofts e Facebooks.

      Mas uma coisa eu tenho certeza, os empreendedores retardados e incompetentes que aqui transitam, já aprenderam a não ser grosseiros.

  • Canindé de Freitas

    Prezado Marcelo Toledo Acuso que magnífico artigo fortaleceu meus princípios e permitiu enxergar que estamos no caminho certo. Você merece ir para barra de favoritos. Difundiremos seus pensamentos e aplicaremos no dia a dia. Agradecido Canindé de Freitas

    • Canindé,

      É de comentários assim e leitores como você que fazem tudo valer a pena.

      Obrigado!

  • Ana Fontes

    Marcelo, absolutamente fantástico seu artigo. Me sinto parte. E vamos divulgar seu artigo em nosso site para mulheres empreendedoras. Muito, muito bom!

    • Ana,

      Muito obrigado pelo comentário e mais ainda pela publicação. Conte comigo!

      obrigado e um abraço!

  • Ana Fontes

    Marcelo, absolutamente fantástico seu artigo. Me sinto parte. E vamos divulgar seu artigo em nosso site para mulheres empreendedoras. Muito, muito bom!

  • stesato

    Muito bon
    ja tive erros na empreitada do negócio próprio
    mas é muito bom ver blogs diretos, sinceros e reais!

  • Moisés Santos

    Olá Marcelo tudo bem? Estou acompanhando seus artigos sobre startup. Deixo aqui meus parabéns pelo ótimo trabalho. Sucesso