Uma commodity milionária

Recentemente estava passeando pelo shopping e me deparei com uma loja da Nespresso. Parei um pouquinho para pensar no que tudo aquilo representava.

Café é uma das bebidas mais famosas e consumidas do mundo. As pessoas vivem ao redor do café, muitas não conseguem acordar sem um matinal. No trabalho as reuniões são regadas a café e os fumantes, não negam um cafézinho. Os estudantes que avançam madrugada adentro também, e a lista não para.

É uma bebida que temos acesso em qualquer lugar, praticamente de graça. Para consumo próprio o kg do café chega a custar menos de R$10,00. Aí vem uma empresa como a Nespresso, cria uma máquina maravilhosa de café, com cores escuras, polidas, mixadas com alumínio, imponente. Os grãos ou sachês foram transformados em uma capsula com cores vivas, metálicas, que só de olhar você já sente o aroma e o sabor de um café delicioso.

O café de uma Nespresso é uma bebida dos Deuses. Quem toma Nespresso, não esta tomando qualquer café. Esta tomando a bebida do George Clooney, é uma pessoa chique, bonita, bem sucedida. O crescimento meteórico e global prova que muitos de nós desejam uma Nespresso.

Raramente tomo café e não tenho uma máquina Nespresso, o que me fascina é esta empresa pegar uma commodity, aumentar o preço 100 vezes e transformar tudo isso em algo extremamente exclusivo.

E vale lembrar, ao tomar o café Nespresso, você esta consumindo uma bebida de aproximadamente R$1.000,00 o kg.

9 Comments Uma commodity milionária

  1. Pingback: Tweets that mention Uma commodity milionária | Marcelo Toledo -- Topsy.com

  2. Lucas Arruda

    É realmente fascinante o que conseguiram fazer. É claro que não é um grão comum, é um grão mais selecionado, mas realmente o preço é bem inflado.

    Acho que além de tudo que você disse, a praticidade de por um cápsula de café na máquina e tomar o mesmo 30s depois, sem ter se preocupar com sujeira e ainda ser um café gostoso, parece não ter preço.

    Eu, como um amante do café e um barista (quem faz café), tenho uma máquina de espresso em casa e gosto de fazer meu próprio café todo dia, mas para a maioria das pessoas o Nespresso é um solução muito prática. Se ele tem dinheiro, nem hesita.

    1. Marcelo Toledo

      Lucas,

      Não sabia que voce era barista, que bacana! Tenho um primo que é barista e na casa dele é igualzinho, tem uma mega máquina profissional de espressos.

      Tomo espressos, mas sempre fora. Em casa o café é sempre passado, mas estou a procura de um bom custo beneficio de máquina de espressos, sugestoes?

      1. Lucas Arruda

        Marcelo,

        Basta um curso, mas o mais importante mesmo é praticar. Só o curso de nada adianta. Eu teria um máquina dessas se pudesse pagar. Ainda não posso, mas futuramente é uma aquisição que farei com gosto.

        Você pode procurar uma alternativa mais barata à Nespresso, que é a DolceGusto da Nescafé. Bem mais em conta. Mas ainda tem que ficar comprando saché.

        A minha é uma barata da De´Longhi. Ela é até razoável para quem só faz 1 ou 2 cafés por dia. O único problema é que pode ser um pouco trabalhoso, já que você tem que comprar o pó moído (ou comprar o grão e ter um moedor) e fazer o café na mão. Tem que saber dosar e tem que limpar.

        Abraço

  3. Mario

    Já houve uma Nespresso aqui em casa e experimentei muitas variedades, a minha favorita era a Indiana, eu sempre achei aquilo muito pequeno e pouco intenso, coisa de tomar de um gole.
    Já tive também uma Dolce Gusto, que até gostei mas vendi-a, agora tenho uma Tassimo e não troco por outra nenhuma… lamento Nespresso

    1. Marcelo Toledo

      Mario,

      Tassimo parece uma bela máquina, é fácil encontrar no Brasil para vender? E as capsulas? O que você me sugere, tambem estou interessado em adquirir uma máquina de espressos. Vou pesquisar mais sobre a tassimo.

      1. Mario

        Sobre a tassimo hoje chegou uma mais encomenda tassimo, tive a oportunidade de provar café Starbucks para a Tassimo (o House Blend, mas há mais variedades 🙂 Realmente é mt bom, está ao Nivel de um Carte Noire Voluptuoso Corsé ou até de um Mastro Lorenzo.

        Marcelo, não sei como funciona no brasil, eu sou do outro lado do atlantico hehe, mas recomendo que faça algumas pesquisas para tentar adquirir uma. A minha máquina comprei pela Amazon (UK no meu caso), mas seja como for, no entanto no caso de não se verificar que seja facil de adquirir cápsulas no Brasil pode tentar explorar outro café de capsulas para ter em casa. Recomendo este website para ver reviews, comments, etc

        http://www.singleservecoffee.com/

        Não menos importante, de também uma olhada pelo fórum associado a esse site 😉

        Cumprimentos,
        Mário “Portuga”

  4. Pingback: Tweets that mention Uma commodity milionária | Marcelo Toledo -- Topsy.com

  5. Miguel Cavalcanti

    Marcelo,
    A Nespresso é um ótimo case. É usado até pelo Michael Porter para falar sobre estratégia.
    Sim, você compra aqui no Brasil, mas é bem mais caro que na europa. Aqui a mais básica sai por uns 800-1000 reais, lá por uns 140 euros.
    Acho que vale a pena, até porque a patente da cápsula caiu, e agora outras empresas estão começando a produzir.
    Está na minha lista de compras para a próxima ida a europa 🙂
    Abs, Miguel

Comments are closed.